09 fevereiro 2014

Zona de Conforto: Um barco encalhado no barranco

Olá Belas,



Neste domingo especial desejo que Deus esteja presente em nossas vidas e que eu possa transmitir a mensagem especial deste domingo de forma clara, para abençoar as nossas vidas.

Eu preciso dessas palavras na minha vida, espero que sejam tão preciosas na sua quanto tem sido na minha.

Tenho muito temor quando compartilho algo aqui, sei que serei gentilmente convidada e lembrada por Deus daquilo que escrevi e ele me conduz a viver ainda mais as palavras aqui escritas semana a semana.

Vamos lá, preparadas? (risos)

O Deus tem colocado no meu coração a respeito das zonas de conforto, não se trata de um lugar físico e confortável lá na sua e na minha casa, onde tem ar condicionado e um monte de travesseiros (eu amo travesseiros durmo com 3 ou 4, por isso travesseiro é referência de "conforto" pra mim kkk), mas afinal  eu li a palavra (Bíblia), orei a respeito, pois precisava trazer uma definição para zona de conforto e cheguei a isso:

Zona de conforto "é algo aparentemente agradável, situações em que um mesmo comportamento é repetido e reproduzido, esses comportamentos seguem um padrão, uma rotina, visando minimizar dores, estresses e riscos, uma espécie de defesa emocional que internamente é construída para dar uma falsa sensação de segurança."

Se você leu a definição e não achou tão ruim assim se sentir protegida, eu concluo a minha definição com uma figura que para mim ilustra bem como sinto a zona de conforto: um barco preso/encalhado em um barranco de areia no meio do mar/rio. Você até está no mar, tem habilidades de navegação, está segura, protegida da água, mas seu barquinho não cumpre o propósito que é navegar; Você começa a ficar entediada, com uma sensação incomoda da falta de produtividade. Você fica lá sentada e parada dentro do barco e o máximo de esforço que consegue fazer é se lamentar por ter tentado "de tudo" e não ter dado certo... Já se sentiram assim? Eu já, algumas muitas vezes. 

As prisões da zona de conforto não são um privilégio dos tempos modernos, os discípulos de Jesus ficaram presos em uma dessas zonas, depois da morte de Jesus, sem saber o que fazer, voltaram a fazer aquilo que sabiam: pescar (Leia o texto de João 21 para entender melhor <---- Link) e o curioso é que eles foram lá se esforçaram, eles sabiam como e o que fazer e mesmo assim não pescaram nada. Aí nessa altura um homem se achega (mais tarde todos saberão que é Jesus ressurreto) ele pergunta se haviam pescado algo, os discípulos gritam que não, e então o homem (JESUS) sugere que joguem a rede do outro lado.

Nessa altura da história, a bíblia não diz isso, mas eu viajando aqui, o barco encalhado num barranco, como muitas vezes estão algumas áreas das nossas vidas, Jesus dá uma sugestão tão simples mas que exigiu daqueles homens crer e sair da zona de conforto e após obedecerem as redes se encheram de peixes. Essa passagem me faz refletir sobre os detalhes que nos passam desapercebidos. Quer sair da zona de conforto da sua alimentação, do seu peso, da procrastinação, da área profissional, emocional e tantas outras? Atente para os detalhes simples!



Se você tem ouvido de amigos e de pessoas próximas constantemente: - "Por que você não faz isso, ou aquilo.", - "Quem sabe você..." , tentando sinalizar que você deve fazer algo diferente, pode ser um indício de que você está presa no barranco. Outro indício é a sensação de tédio, tudo sempre igual .

Se você leu até aqui (parabéns, a maioria das pessoas passa longe de textos mais longos e profundos... Siga em frente, Deus quer falar com você!) deve estar se perguntando:

Identifiquei que estou presa no barranco da zona de conforto E AGORA O QUE EU FAÇO, ME AJUDAAAAAA?

Nós podemos olhar para o exemplo dado dos discípulos de Jesus: o fato de terem tentado para um lado não os impediu de tentar para o outro... uwouuuu! Quantas vezes algumas pessoas já chegaram e te deram uma sugestão que de tão absurdamente simples chega a ser ridícula a seus olhos? Acho que só comigo já aconteceu, com você não né? (risos)

As vezes as pessoas que estão de fora percebem o cenário geral... por isso na multidão dos conselheiros está a vitória (quem sai à guerra precisa de orientação, e com muitos conselheiros se obtém a vitória. Provérbios 24:6) fiquei imaginando Jesus lá na beira vendo que o barquinho estava encalhado, ou sei lá... além disso Ele era e é o Mestre, Ele conhecia o coração daqueles homens que andaram com Ele.

O segredo é estar aberta para as pequenas mudanças e pequenos ajustes e as novidades de cada estação. A minha alimentação no inverno não é igual a do verão, coisas que já funcionaram podem hoje não funcionar. 

Identifiquei algumas situações pessoais de zona de conforto e estou aberta a fazer a minha parte, um passo de cada vez, fazer diferente, espero que caso tenha identificado também, possa desfrutar de um tempo novo. Se precisar compartilhar deixe sua mensagem aqui, com e-mail para retorno ou através do formulário de contato.

SUGESTÃO: Faça pequenas mudanças e veja como se sente: alterne o caminho que faz para ir ao trabalho, vá passear com o cachorro em outro horário, ouça músicas de cantores que nunca ouviu, experimente usar uma cor de roupa diferente, acrescente opções mais saudáveis em suas refeições diárias e veja como se sente.

Deus abençoe
Bom domingo!
Comentários
3 Comentários

3 comentários:

Blenda Venceslau disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Blenda Venceslau disse...

E não é que nos sentimos muitas vezes assim mesmo... e o primeiro passo para o lado contrário é tão difícil e doloroso, mas é exatamente a chave pra mudança, palavra tão temida, mas tão necessária para nos tornarmos pessoas melhores - MUDANÇA!!! Boa reflexão! Beijo

www.blendavenceslau.com

Passarela estreita disse...

Pri, to curtindo muito seus posts! É um cantinho delicioso, parece que estou com uma amiga (mesmo já sendo tua amiga pessoalmente). Gosto da tua linguagem e a forma que aborda os temas dos posts!

Beijos!

© Bem Bela - 2013. Todos os direitos reservados.
Design desenvolvido por: Colorize Design.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo