18 agosto 2015

Preconceito? Como o mundo vê os obesos

Encontrei essa matéria bem interessante em um website americano e quis compartilhar aqui no blog para gerar em nós uma reflexão a respeito.

Trata-se de uma coletânea de fotos de uma artista de Memphis, Tennessee, chamada Haley Morris Cafiero, que capturou diversos olhares cruéis e de julgamento em diversos contextos sociais, passeando, fazendo compras, em locais turísticos.



Falando sobre a coleção reveladora das imagens que ela escreve em seu website: "Eu sempre fui consciente de pessoas fazendo caretas, comentando e rindo de mim sobre o meu tamanho."

Centro das atenções: Ms Morris-Cafiero decidiu capturar os olhares cruéis e
olhares que atrai em público fotografando-se em diferentes contextos sociais
Ela admite que seu peso a preocupa e tem sido uma batalha constante e muitas vezes ela se sentia 'deixada de fora e desajeitado ". Em vez de falar sobre seu corpo, ela refere-se a 'minha exterior incontrolável ". Sua maior tentação alimentar são os "donuts" espécie de rosquinhas de massa de pão fritos coberto com açúcar ou chocolate: pão, fritura e açúcar em uma só mordida, combinação destrutiva.


A ideia da coletânea de fotos surgiu quando resolveu fotografar-se sentada sozinha na escada da Time Square para capturar um momento de solidão (coisas profundas e artísticas), qual foi sua surpresa \ Ao fundo da foto olhares, assim nasceu a coletânea.

É rude olhar fixamente: Um pai e um filho observam
Morris  sentada em um balanço

Esta semana me deparei com algumas situações desagradáveis de comentários preconceituosos a respeito de terceiros no trabalho e isso me fez refletir a respeito. Veja bem, sou uma pessoa super bem humorada e estou sempre fazendo alguma piada, mas sempre com respeito, acho estranho como algumas pessoas "menores" se julgam superiores as outras "maiores"... saúde, composição corporal, questões genéticas e hereditárias além claro da alimentação são fatores que influenciam, mas uma pessoa que já nasceu magra e nunca teve questões com obesidade não entende NADA sobre como ser magra, ela simplesmente nasceu e viveu sempre assim... que direito tem de julgar e fazer comentários?

Não faço apologia a obesidade mas acredito no respeito, nos comentários que acrescentam, no incentivo mútuo entre pessoas com composições corporais e histórias diferentes e inclusive por isso escrevo este blog. Que nossa saúde e bem estar estejam sempre acima de uma busca cruelmente imposta por padrões muitas vezes inatingíveis. 

Se eu puder deixar uma dica que tento aplicar na minha vida é esta: Descubra o que você tem de diferente, de único, de exótico e busque formas de explorar isso e se expressar de forma única. 

É melhor ser grande de tamanho do que pequeno de corpo, mente e coração. by Bem Bela Blog

GOSTARIA DE SABER SUA OPINIÃO A RESPEITO, JÁ PASSOU POR UMA SITUAÇÃO SEMELHANTE OU CONHECE ALGUÉM QUE PASSOU?

COMENTE AQUI! 
Comentários
4 Comentários

4 comentários:

Milly, disse...

Algumas pessoas são cruéis demais, né?
Uma vez quase fiquei presa na catraca do onibus e teve gente que mesmo vendo meu desespero deu risada, fiquei péssima por dias...

ana filipa disse...

Amei essa frase é a pura das verdades

ana filipa disse...

Amei essa frase é a pura das verdades

Juliana disse...

As pessoas são muito cruéis mesmo, eu já passei por constrangimentos assim, hoje me mantenho firme na dieta, mas não é fácil.

© Bem Bela - 2013. Todos os direitos reservados.
Design desenvolvido por: Colorize Design.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo