06 janeiro 2017

Dieta lowcarb para iniciantes - Guia Básico

A pedidos venho atualizar o blog com algumas informações importantes a respeito do meu novo estilo de vida alimentar.
Este é um resumo bem básico e não aprofundado para iniciantes, aos poucos vou aprofundando e linkando estudos aqui para complementar as informações.
Esta postagem tem por intuito ser um GUIA RÁPIDO, BÁSICO E FÁCIL para leigos e iniciantes.




INTRODUÇÃO | DEFINIÇÃO: 

Dieta LOWCARB, ou dieta "baixa" em carboidratos.
Parte importante de uma dieta lowcarb não é somar, calcular e montar cardápios e estratégias mirabolantes, mas minimizar o consumo e a ingestão de açúcar e amidos. Significa reprogramar seu corpo para aprender a comer comida de verdade, escolher o melhor combustível para o seu corpo e aprender a reprogramá-lo a ponto de entender o que é FOME REAL e SACIEDADE.  

Muitos estudos científicos sérios mostram que uma dieta baixa em carboidratos faz com que seja mais fácil perder peso e controlar a glicemia e isso é apenas o começo. 

O BÁSICO:

COMA: carne, peixe, ovos, hortaliças e gorduras naturais das carnes, manteiga, óleo de coco, azeite de oliva; 

EVITE: Açúcar e alimentos ricos em amido (pão, massas, arroz, feijão, batatas, óleo de oliva, canola, margarina) 

PORÇÕES: Inicialmente coma livremente quando estiver com fome e até ficar satisfeito. É simples assim! | Minha experiência pessoal: inicialmente fazia várias refeições ao dia e comia quase o tempo todo com medo de sentir fome, depois de 3 dias comendo apenas comida de verdade passei a naturalmente me sentir saciada com menos comida e precisando comer menos vezes ao dia.

Você não precisa contar calorias, pesar seu alimento. É necessário apenas esquecer produtos industrializados, principalmente os produzidos com amidos e os diet, light ou baixo teor de gordura... perca o medo da gordura natural dos alimentos! 

POR QUE FUNCIONA: Existem sólidas razões científicas pelas quais as dietas com baixo teor de carboidratos funcionam. Quando você evita açúcar e amidos o seu nível de açúcar no sangue (glicose) estabiliza e por consequência os níveis de insulina , que a grosso modo é o hormônio que influencia no armazenamento de gordura. Menos amido e menos açúcar = baixo açúcar no sangue = baixa insulina = aumento na queima de gordura e você mais saciado!

QUEM PODE SEGUIR DIETA LOWCARB: a princípio não existem contraindicações ou pessoas que não possam passar a comer comida de verdade no lugar da industrializada, porém existem grupos de pessoas que precisam realizar adaptações e talvez buscar apoio profissional para adaptar, são elas:

- Pessoas que fazem uso de insulina e medicações para diabetes ( o baixo consumo de carboidratos pode exigir ajuste na dosagem da insulina) 
- Pessoas em uso de medicamentos para pressão baixa (baixo consumo de industrializados reduz consumo de sódio que pode interferir e causar uma baixa natural dos níveis de pressão e poderá ser necessário ajuste de dose das medicações);
- Mulheres amamentando;

EFEITOS INICIAIS:

Sim senti na pele alguns deles, bem desagradáveis, mas longe de me intimidarem me fizeram perceber o quão VICIADA em açúcar e amido eu era!

Se você parar de comer açúcar e amido, você tem grandes chances de experimentar alguns efeitos colaterais a medida que seu corpo se ajusta. Para a maioria das pessoas estes efeitos colaterais tendem a ser leve e durar apenas alguns dias. Existem também maneiras de minimizá-los.
Efeitos secundários frequentes na primeira semana:

(Experiência pessoal: Parabéns para mim que tive todos eles, morri chorando achando que iria morrer, que a vida perdeu a graça mas resisti, os primeiros 3 dias foram horríveis, a primeira semana ruim, na segunda semana me senti uma sobrevivente e segui adiante )
  • Dor de cabeça
  • Fadiga
  • Tontura
  • Palpitações cardíacas
  • Irritabilidade
  • Mal hálito
  • Intestino "solto" ou "preso"
  • Câimbras
  • Redução inicial no desemprenho em exercícios físicos

Os efeitos colaterais diminuem rapidamente conforme seu corpo se adapta e sua queima de gordura aumenta. Eles podem ser minimizados bebendo mais líquidos e temporariamente aumentando a sua ingestão usual de sal; Outra opção para minimizar é consumir brodo (um caldo salgado feito de ossos de galinha, oi, ou porco - prefiro mil vezes o galinha por ser mais saboroso e rápido de preparar - RECEITA AQUI AGUARDE O LINK)
A razão para isso é que os alimentos ricos em carboidratos podem aumentar a retenção de líquidos em seu corpo. Quando você para de comer alimentos ricos em carboidratos você vai perder o excesso de água através de seus rins. Isso pode resultar em desidratação e falta de sal durante a primeira semana, antes que o corpo tenha se adaptado.
Algumas pessoas preferem diminuir a ingestão de carboidratos lentamente, durante algumas semanas, para minimizar os efeitos colaterais e outras preferem cortar de vez. De qualquer forma a redução do açúcar e do amido vai resultar inicialmente em vários quilos perdidos dentro de alguns dias. Isso pode ser principalmente líquidos, mas é ótimo para a motivação ver os ponteiros da balança diminuindo, as medidas reduzindo e as roupas ficando mais soltinhas no corpo.


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

© Bem Bela - 2013. Todos os direitos reservados.
Design desenvolvido por: Colorize Design.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo