17 março 2017

Métodos: como praticar jejum intermitente




Se você não conhece e não sabe o que é jejum intermitente recomendo ler: JEJUM INTERMITENTE PARA INICIANTES.
Explicando genérica e rapidamente sobre jejum intermitente , caso você tenha caído aqui de paraquedas: O jejum intermitente (JI) é um termo para um padrão alimentar que alterna naturalmente períodos de jejum (não alimentação) e alimentação.
Não é uma "dieta" no sentido convencional. Não se trata de um "modismo", mas de algo que sempre aconteceu com a raça humana, foi o padrão alimentar dos nossos ancestrais e ele sempre deu certo, caso contrário não estaríamos mais aqui enquanto espécie humana. Na era paleolítica não existiam supermercados, nem barrinhas de cereais (graças a Deus! kkk), havia caça, coleta, num determinado período se enchia a pança e em outro descanso, exercícios e mais caça e coleta, muitas vezes em jejum.
Métodos de jejum intermitentes comuns envolvem jejuns diários de 16 horas, ou jejum por 24 horas, aplicados algumas vezes na semana.
Todos eles envolvem a divisão do dia ou semana em "períodos de alimentação" e "períodos de jejum." Durante os períodos de jejum, você come muito pouco ou nada.
Gostaria de compartilhar com vocês alguns dos métodos mais comuns e conhecidos com de jejum intermitente. Não utilizo particularmente "métodos", gosto simplesmente da liberdade que uma DIETA LOWCARB me proporciona e dos benefícios das horas sem alimentação. Tudo foi acontecendo naturalmente para mim, porém quero compartilhar alguns termos com você que assim como eu um dia, está iniciando neste meio.
Estes são os métodos mais populares:
  • O método 16/8: Também chamado de protocolo Leangains , envolve pular o café da manhã e restringir o seu período de alimentação diária para 8 horas, por exemplo, das 12:00 às 20:00 você se alimenta e nas outras 16 horas do dia não. (lembrando que água, chá, chimarrão, café, sem adoçar são permitidos. HIDRATE-SE)
  • Eat-Stop-Eat: Também conhecido como jejum de 24 horas, você pode praticar uma ou 2 vezes na semana ou mais conforme sua adaptação. Você poderia jantar por exemplo às 20 horas de um dia e só se alimentar novamente às 20 horas do outro dia. 
  • Método 5:2: Em dois dias não consecutivos da semana, você restringe o consumo a no máximo 500-600 Kcal e come "normalmente" (meu normalmente é uma dieta baseada em comida de verdade como expliquei no post anterior a respeito de jejum intermitente.) os outros 5 dias. (Em breve leia detalhes aqui)
Não sou muito adepta do 5:2, mas já fiz quando segui jejuns mais prolongados, em um dos dias deste jejum usei brodo de ossos, caldo nutritivo feito de ossos. (em breve receita aqui)

Ao fazer você comer menos calorias, todos estes métodos devem fazer você perder peso, desde que você não compensar comendo muito mais durante os períodos de alimentação.
Eu pessoalmente encontrei o método 16/8 para ser o mais simples, mais sustentável e mais fácil de manter. Aplico jejum de 24 horas em dias da semana que são mais corridos.

No próximo post irei explicar protocolos de jejum mais detalhadamente.

Existem outros protocolos de JI que irei compartilhar mais detalhadamente um por um nos próximos posts. 
LEIA TAMBÉM:
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

© Bem Bela - 2013. Todos os direitos reservados.
Design desenvolvido por: Colorize Design.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo